Topologia do saber: verdade do dizer, virtude no fazer. Ter parece Ser, mas, não-é. Opinião Crítica. Textos votados à reflexão filosófica e à busca da emancipação do Sujeito que É, já que Sou. Problema nenhum há em estar-além, o grave problema é mesmo ficar-aquém! Discordar com respeito é civilizado, mas refutar com elegância é superior!

sexta-feira, 28 de julho de 2017

LIBERTAS

11/2004



Meu projetos foram mutilados
Minha voz calada
Meus membros ultrajados
E não me deixarão nada?!
A terra está destruída
Meus grãos não vingarão?
Como está minha vida
Não me calarão
Tentam coagir-me
Mas não vou me acovardar
Faço meu destino
"viver é lutar"*
Dedico minha vida
Ao princípio que seja maior
O sangue, a força, a lida
A vida agora, e melhor
Que um sorriso volte
um discreto brilho no olhar
capataze me solte
Que eu possa andar

Ao homem que faz sua história
Não há nada que dela o prive
Pois sempre haverá heroísmo
Ali onde um dia foi livre
A voz sufocada na alma
Com o ímpeto da verdade
explodirá quando provocada
Em gritos de LIBERDADE

FELLIPE KNOPP

* Canção do Tamoio. Gonçalves Dias.

Leia mais em: http://webartigos.com/artigos/libertas/40039#ixzz4oB0Ux8AD

Nenhum comentário:

Postar um comentário